segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Mickey Mouse em uma aventura épica!

E hoje voltamos com a review de jogos, desculpem o sumiço... Esta segunda falaremos de um dos jogos mais fofos e tocantes que já joguei: Epic Mickey para Wii!


O mais interessante deste jogo para mim foi a sua história e como os criadores foram capazes de nos fazer mergulhar em um mundo composto por cerca de 80 anos de desenhos da Disney, focado no Mickey Mouse e cia, claro. Para quem, como eu, é apaixonada por todo o trabalho da Disney e adora os desenhos mais antigos, certamente Epic Mickey é uma excelente pedida! Abaixo segue a introdução do jogo em inglês, explicitando algumas das inúmeras referências e curiosidades que existem!


Como pode ser visto no vídeo, a história se baseia no fato de Mickey Mouse ter acidentalmente derrubado um frasco de tíner na pintura mágica de Yen Sid (o mesmo mágico do curta Aprendiz de Feiticeiro de Fantasia, um clássico!). Esta pintura é Wasteland, a terra para a qual vão todos os desenhos que são esquecidos. O acidente acaba criando um grande monstro maligno chamado Blot que começa a remover toda a tinta do lugar, destruindo-o, então agora cabe ao Mickey resolver essa confusão, munido de um pincel de tinta que reconstrói as coisas pintando-as e outro com tíner, que as destrói.

É muito interessante a questão dos desenhos esquecidos, pois ao longo do jogo Mickey encontra com vários deles, que se mostram profundamente abalados pelo fato de ninguém mais se lembrar deles. Vemos também que outros personagens, como o coelho Oswald (um tipo de precursor do Mickey que governa Wasteland), morrem de raiva dos desenhos "modernos" por acreditarem que estes roubaram toda a fama que eles outrora possuíam. E assim temos vários estilos diferentes em um mesmo jogo, porém com uma harmonia espantosa!


Eu gostei muito do jogo mesmo, a história é tocante e cheia de reviravoltas e momentos realmente dramáticos! Além disso, o gameplay é muito bem construído, com momentos de real tensão, outros de fato desafiantes, exigindo habilidade no controle e inteligência do jogador. Também temos várias quests opcionais, nas quais é possível ganhar medalhas colecionáveis. Há também mudanças na jogabilidade: para ir de uma região de Wasteland para outra devemos adentrar em um dos curtas antigos da Disney, que são jogados em 2d. A única coisa que realmente deixa a desejar é a câmera: com certeza você morrerá várias vezes ao longo do jogo por culpa dela!


O jogo possui uma nota de 8/10 na IGN, um dos sites mais prestigiados na crítica de videogames. A review completa pode ser vista aqui (em inglês). Infelizmente o jogo é só para um jogador, mas na sua continuação, Epic Mickey 2 - Power of Two, podemos jogar com Oswald também em uma nova e empolgante aventura, compatível com o novo Wii U e também disponível para Xbox 360 e PlayStation 3. Infelizmente as críticas foram menos favoráveis do que as do primeiro jogo, então o jeito é esperar baratear e conferir por conta própria!

Para vocês que já jogaram Epic Mickey, o que acharam? E para quem não jogou, gostaria de jogar? Comentem! :) 

Marque sua passagem por aqui também!

  1. Eu sempre quis jogar =) Agora me deu mais vontade! Muito boa dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo Luiz e o jogo não é longo demais nem curto demais. Claro que isso depende da sua habilidade e tb de quantas quests opcionais vc faça, por isso que acabei demorando mais do que o previsto pra zerar o jogo hehehehe

      Excluir
  2. Hahaha eu sempre gosto de tentar fazer o máximo possível nos jogos... Estou jogando um jogo LINDO chamado Ni No Kuni, pra PS3. É com animações e arte do Studio Ghibli!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu não sou tão perfeccionista assim não hehe Nossa, não conhecia esse jogo não, vi um vídeo no YouTube e de fato ele é lindo! Depois quando acabar me conta o que achou! :)

      Excluir